segunda-feira, 13 de setembro de 2010

DEUS PAI E CRIADOR

Módulo I: O ESPIRITISMO
I UNIDADE: A Criação Divina
SUBUNIDADE: Deus, Pai e Criador.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
• Comentar que criou o homem e a natureza;
• Citar vários exemplos das coisas criadas por DEUS.
CONTEÚDO:
• Deus é nosso Pai porque nos criou;
• Deus é chamado de criador porque criou tudo o que existe na natureza e no universo ( sol, terra, lua, estrelas);
• Deus se revela através da sua criação ( natureza, universo, etc...);
• Podemos usar as obras da criação de várias maneiras, mas com respeito e necessidade;
PRECE INICIAL
Primeiro momento:
• Pedir para as crianças emitirem sons da natureza, tais como: vento, chuva, trovoada, folha seca amassada, onda do mar, pássaros cantando, cão latindo, coração batendo, etc.
Ao final, perguntar-lhes:
- Que barulhos vocês imitaram?
- Todos souberam imitar os sons dos animais?
- Quem imitou o vento?
- E o cachorro?
Quem criou essas coisas todas que vocês imitaram?
Completar as respostas dizendo que foi Deus que criou tudo. Ele é nosso Pai e Criador de todas as coisas.
Segundo Momento:
Antes de iniciar a história, perguntar aos evangelizandos o que significa a palavra SOLITÁRIA- que está só, isolada, sozinha.
Narrar a história da ESTRELINHA SOLITÁRIA.

Certo dia, Genoveva, a abelhinha, sentindo-se muito cansada, interrompeu seu trabalho e pousou na pétala de uma flor para um minuto de repouso. Amarelinha, linda borboleta, com movimentos leves e graciosos, aproximou-se de Genoveva e pousou ao seu lado, perguntando-lhe: ( Ilustração 1)
- Você não está achando alguma coisa estranha no dia de hoje?
- Se estou! Respondeu a abelhinha. – Esse dia parece que não termina mais, minhas asas já estão cansadas de voar e a noite não chega.
E as duas amigas olharam para o céu, para ver se viam chegar a noite. Mas, ó surpresa! O manto escuro da noite, salpicado de estrelas prateadas, já se estendia no céu. Só ali, onde as duas estavam, é que parecia ser dia.
- Será que o sol resolveu dormir aqui embaixo esta noite? – perguntou a abelhinha assustada.
- Se for isso ele vai queimar tudo! – preocupou-se a borboleta.
Nesse momento, uma vozinha meiga se fez ouvir:
- Não tenha medo, sou eu, a Estrelinha Dourada. Sou bem pequenina e não faço mal a ninguém.
Genoveva e Amarelinha olharam em torno e viram sair, do meio de umas folhagens, a Estrela Dourada, brilhando, brilhando. (Ilustração 2)
- Por que você está aqui embaixo? Por que não está brilhando junto com as suas irmãzinhas?- perguntou-lhe Genoveva.
- É que estou me sentindo muito triste. Queria tanto ter pai e mãe como todo têm! Por isso resolvi descer par ver se encontro quem queira ser meu pai ou minha mãe. Você quer ser minha mãe, abelhinha? E você borboleta, quer ser minha mãe?
Nesse momento, uma velha lagarta, que estivera observando o que acontecia, quietinha embaixo de uma folha, aproximou-se e disse: (Ilustração 3)
- Você está enganada, estrelinha. Você tem um Pai. Todos nós temos um Pai. É Deus, que nos crio e criou tudo o que existe.
- Quer dizer que eu tenho um Pai? – perguntou, esperançosa, a estrelinha.
- É isso mesmo! – exclamou Genoveva.
- Mas onde está Deus? Eu não o vejo nunca! – disse a Estrelinha Dourada.
Amarelinha procurou esclarecer:
- Ele cuida muito bem de você. Deu-lhe um lindo lugar para morar, o céu, alegres irmãzinhas para brilhar e também uma tarefa muito importante para fazer: ajudar a clarear a noite, velando o sono das crianças.
- É mesmo! – concordou a estrelinha, impressionada com a bondade de Deus, embora inconformada por não vê-Lo. – Eu queria tanto ver Deus – repetia várias vezes.
- Você não pode vê-Lo, mas pode sentir a Sua presença nas coisas boas que a cercam, no carinho que Ele dispensa a toda Sua criação – acrescentou Amarelinha.
- É mesmo! – concordou novamente a estrelinha, com um sorriso meigo.
- Vou voltar correndo para o meu lugar no céu. Vou contar para todas as minhas irmãs estrelinhas que todos nós temos um Pai sábio e bondoso, que é Deus. (Ilustração 4)
Terceiro Momento:
Após a narrativa, perguntar às crianças:
• O que mais queria a Estrelinha Dourada?
• O que disse Amarelinha à Estrelinha Dourada, quando esta falou que queria muito ter pai?
• Deus é pai apenas da Estrelinha Dourada?
• De quem mais Deus é pai?
Quarto Momento:
Pintura das figuras- quatro ilustrações para formar um livrinho.
Construção de um quebra-cabeça, utilizando revistas e escolhendo imagens de representem a criação de Deus.






Figura 1








Figura 2




Figura 3
Figura 4
PRECE FINAL
Fonte: Apostila - O Espiritismo- Módulo I - Coleção 4 - Jardim de Infância- FEB.

2 comentários:

COMENTE!!!!!